Baixar App hot
Início / Romance / Me Ame De Novo
Me Ame De Novo

Me Ame De Novo

4.9
570 Capítulo
331.4K Leituras
Ler agora

Sinopse

Índice

Depois de ficar noiva de Kevin, Anne se casou com ele, ela teve que dar à luz seu filho dentro de um ano, se isso não acontecesse, ela não receberia nada. Durante o casamento, ela recebeu nada além de humilhações constantes, fazendo ela cansada e impaciente, ela queria desistir. No dia do acidente de Kevin, ela o salvou arriscando a vida e depois desapareceu completamente. Depois de um tempo, seus destinos se juntaram novamente, o bebê a fez ter que voltar para ele. Mas desta vez algo havia mudado: ela não era mais aquela mulher que aguentava tudo por amor, só queria lutar pelo filho!

Capítulo 1 A amada dele

O telefone que ficava em cima de uma mesinha de cabeceira no quarto enorme, não parava de tocar insistentemente, o que irritou Anne Luo.

Ela se esforçou para tentar tirar os lençóis que estavam embaixo dela, enquanto argumentava com o homem que estava deitado ao seu lado: "Kevin, seu..." Mas antes que ela pudesse concluir a frase, ele se posicionou em cima dela, tirando um gemido de prazer dos seus lábios.

Naquele momento, ela ficou tão extasiada que nem sequer teve tempo de olhar para o rosto dele, ela apenas teve forças para apertar a mandíbula.

O corpo dela estava imóvel e maleável embaixo dele, como se com um toque ela tivesse derretido.

Kevin lentamente saiu de cima de Anne, enquanto sorria preguiçosamente e se esticava de modo que pudesse alcançar o telefone que estava em cima da mesinha de cabeceira tocando sem parar.

"Querida, eu já estou indo. Você está me esperando na sala de estar?" Ele deu uma breve pausa após dizer isso e logo após balançou a cabeça em concordância: "Eu vou tomar um banho primeiro, tá bom? Eu te amo!"

Kevin Fu, era um homem extremamente alto e tinha um corpo atlético e musculoso. Quando ele estava suado, os seus músculos ressaltavam sua beleza e ele ficava ainda mais sexy e charmoso. Além disso, tinha algo nos olhos dele que demonstravam doçura e gentileza, era como se o olhar dele fosse feito de puro amor e afeição.

Mas Anne sabia que aqueles sentimentos transparecidos no olhar dele não eram direcionados para ela.

A ternura que Kevin guardava pertencia apenas a uma pessoa.

Ao ouvir a voz doce dele falando no telefone, Anne congelou imediatamente.

Com o rosto rígido e sem expressão, ela se enrolou na coberta que havia caído no chão quando Kevin se levantou para ir em direção ao banheiro, a fim de tomar um banho.

Ele havia deixado a porta semiaberta, e por isso, Anne conseguia ouvir a água do chuveiro caindo no azulejo.

Naquele momento de epifania, ela observou o quarto em que estava. Todos os móveis e demais itens daquele lugar pareciam ser importados do País D, ou seja, tudo ali deveria ser extremamente caro e custar uma fortuna.

Apesar de ser um quarto pertencente a casa da família Fu, Anne sentia que estava num quarto de hotel cinco estrelas, e como ela já tinha o costume de frequentar tais lugares, ela podia afirmar com certeza a respeito da similaridade.

Anne ainda estava perdida em seus pensamentos quando, de repente, Kevin saiu do banheiro e ordenou: "Eu preciso que você desça e tire algumas fotos para mim."

Seu tom de voz era indiferente, o que evidenciava que ele sempre a tratava como sendo mais um dos seus brinquedinhos.

O desprezo que ele sentia por ela era mais do que evidente, embora fossem casados, ele não sentia nenhum tipo de amor por ela.

O único motivo pelo qual eles estavam juntos, era para cumprir uma obrigação que eles tinham um com o outro. Tudo o que ela tinha que fazer era ir se deitar por volta dessa mesma hora todos os dias, pois estava claramente escrito no contrato que ela deveria estar grávida dele até o fim do ano.

Se ela não conseguisse cumprir essa cláusula do contrato, todas as ações que ela possuía do Grupo AN seriam retiradas dela, e consequentemente, ela não teria outra escolha a não ser sair da Cidade A, uma vez que ela seria expulsa.

O Grupo AN era a empresa que encabeçava o topo da lista da revista Forbes, sendo que a diferença entre ela e as demais empresas que a seguiam na lista era tão gritante, que nenhuma outra era capaz de se comparar.

Quando se tratava de fechar negócios com sucesso, o presidente do Grupo AN, Kevin, era o melhor no seu ramo. Quando ele tinha apenas dezessete anos, já havia conseguido dobrar o valor do patrimônio líquido da empresa, fazendo com que a mesma alcançasse o sétimo lugar da lista da revista Forbes.

Além de ser um executivo de sucesso, ele acabou conseguindo o título de 'Homem mais cobiçado pelas mulheres', três vezes seguidas. E como se não fosse suficiente, também lhe foi dado o título de 'O homem mais lendário do mundo'.

A julgar pelo tom de voz dele, Anne já sabia que a amada dele deveria estar no andar debaixo esperando por ele.

"Eu não sou fotógrafa profissional", disse ela sem eufemismo.

"Eu lhe dei uma ordem, então é melhor você descer e fazer conforme eu disse." Ele disse olhando para ela, seus olhos pareciam tão frios e escuros como a noite. "Será que você é tão burra assim que não consegue sequer usar um celular? Nesse caso, talvez você não deveria ser a vice presidente do Grupo AN."

"Você!", Anne deixou escapar sentindo a raiva fervendo dentro dela, mas antes que pudesse concluir, ela cerrou os dentes.

Sem nem sequer olhar para ela, Kevin disse enquanto saía do quarto: "Não se esqueça que você tem um jantar no Cloud e Heaven hoje à noite. Se você se atrasar e causar qualquer prejuízo com isso, você eventualmente terá que recompensar por isso."

Ao ver ele se afastar, Anne cerrou os punhos. Para ele, não havia nada no mundo mais importante do que a sua amada.

Tentando se acalmar um pouco, ela afrouxou as mãos e caminhou até o guarda roupa para pegar algumas peças de roupa para se vestir.

Para manter as suas ações na empresa, ela teria que aguentar toda essa humilhação que ela passava todos os dias, mas será que era isso que ela realmente queria para a vida dela? O coração da Anne estremeceu quando ela pensou nisso, e os seus olhos brilharam de tristeza.

Depois de passar um longo tempo perdida nos próprios pensamentos, Anne vestiu um vestido longo. Apesar de um leve desconforto nos membros inferiores, Kevin não tinha deixado mais nenhum outra marca evidente em seu corpo.

Ele a olhava com desprezo toda vez que eles transavam.

E ela tem certeza de que se eles não tivessem um contrato, ele nem sequer tocaria nela.

Tentando ignorar a dor que ela estava sentindo na região do quadril, ela desceu as escadas lentamente.

Ao chegar no corredor, ela notou que Kevin ainda estava tirando fotos da Cherry, sua querida namorada.

Ela estava usando um vestido branco como a neve, que evidenciava suas curvas e seu lindo rosto.

Eles formavam um lindo casal, que parecia ter sido escolhido a dedo pelos deuses.

Naquele momento, Kevin percebeu que Anne já havia descido as escadas.

Ao vê-la, o sorriso desapareceu em sua face e ele disse: "Finalmente! Por qual motivo você demorou tanto?"

Mais uma vez, Anne tentou reprimir a sua raiva, pois naquele momento, tudo que ela queria era dar um soco na cara do Kevin.

Cherry, sua prima, estava abraçada com Kevin e ao ver Anne, ela sorriu e se desculpou: "Foi Kevin quem insistiu que tirássemos uma foto juntos para publicarmos nas redes sociais. Ele disse que iria postar uma foto nossa no meu aniversário todos os anos", ela explicou.

Sem prestar atenção no que ela havia falado, Anne estendeu a mão e disse friamente: "Me dê o celular."

Kevin por sua vez, jogou o celular e sorriu para Cherry amavelmente.

"Se você não for capaz de tirar uma foto boa, então você pode ficar em casa praticando pois assim talvez você terá algum futuro depois que perder todas as suas ações na empresa", Kevin ameaçou implicantemente.

O coração da Anne ficou cada vez mais ressentido, mas ela não se atreveu a dizer nada.

Kevin olhou rapidamente para Anne ao perceber que ela não tinha reagido às suas implicâncias.

Ao notar que ela estava indiferente, ele colocou a mão na coxa de Cherry, na tentativa de irritar Anne mais uma vez.

"Kevin, por favor, não faça isso!", Cherry disse com um tom brincalhão enquanto suas bochechas coravam.

Ela encostou sua cabeça no peito dele, no entanto, sem tirar os olhos da Anne. Os seus olhos tinham a intenção de provocá-la, como se estivesse a instigando a dizer algo.

A posição deles sentados no sofá abraçados indicava a intimidade que ambos tinham um com o outro.

O tecido do vestido da Cherry era tão macio que praticamente grudou no terno do Kevin.

Anne continuou sem dizer uma palavra, com a expressão fria e indiferente. Independente do quanto ela odiava aqueles dois, ela manteria a calma.

Tudo que ela mais queria na vida, era que esses dois desaparecessem da face da terra. Mas naquele momento, ela se conteve e continuou tirando fotos dos dois como havia sido ordenado.

Nas fotos, Kevin mudava de posição segurando a cintura e as pernas da Cherry. Em certo ponto, ele até mesmo se inclinou e a beijou.

Sorrindo timidamente, Cherry posou para todas as fotos conforme Kevin instruía.

Anne ficou atenta para capturar com a câmera cada uma das poses que fizeram.

Apesar de todas as poses feitas por Kevin, com a intenção de provocá-la, Anne manteve a expressão de indiferença, sem mover um músculo da face. "Me dê o meu celular, se Cherry não ficou bonita, você terá que tirar todas essas fotos de novo."

Sem pensar duas vezes, Anne entregou o celular de volta para ele.

Cherry deu um soco no braço dele, como uma criança mimada e disse: "Você acha que eu sou feia?"

Ao ouvir isso, Kevin encheu o rosto dela de beijos e disse: "Mas é claro que não! Você é a mulher mais bonita do mundo!", ele elogiou prontamente a sua amada. "Eu só tenho receio de que ela não tenha sido capaz de capturar a sua beleza."

Cherry sorriu e disse: "Você não confia na genética?"

Anne e Cherry eram primas, e de fato ambas eram muito bonitas.

Ao ouvir a pergunta de sua namorada, Kevin acenou com a cabeça imediatamente.

Sem dúvida, Cherry era incrivelmente bonita. A sua pele tinha um brilho natural e era absurdamente macia, seu cabelo escuro e longo emoldurava o seu rosto em formato de coração perfeitamente. Além disso, ela tinha olhos grandes que carregavam a doçura do olhar de uma criança.

Ela tinha uma estatura alta e seu corpo era cheio de curvas. Na verdade, qualquer homem que a visse, compararia a sua aparência com a de uma deusa.

Qualquer foto que fosse tirada dela, ficaria automaticamente mais bonita. Principalmente pelo fato de que Anne as tirou com "todo o coração".

Kevin checou todas as fotos cautelosamente. Em todas, a beleza da Cherry ficou ainda mais evidenciada. Por mais que ele procurasse, não conseguia identificar nenhum defeito.

Com uma raiva que não podia ser explicada, ele impacientemente guardou o celular e disse irritado: "Você pode ir agora, não preciso mais de você."

Quando Anne estava prestes a sair do recinto, ela escutou Kevin dizendo: "Espere um minuto!" Insatisfeito, ele cruzou os braços e disse: "Vá trocar de roupa, seu vestido é da mesma cor do que Cherry está usando. Você não pode usar a mesma cor que ela durante a festa. É melhor você nem ousar desrespeitá-la!"

As expressões no seu rosto foram extremamente impiedosas quando ele disse essas palavras. "Na verdade, jogue fora qualquer roupa que se assemelhe às roupas que Cherry gosta de usar!"

A raiva estava fervendo no peito da Anne, e por isso, ela demorou alguns segundos para formar uma frase. Ela cerrou os dentes e disse: "Vou procurar me lembrar disso."

Anne não havia feito nada demais, além de usar um vestido branco. Em que mundo ela havia desrespeitado Cherry ao fazer isso?

Anne cerrou os punhos e saiu da sala pisando duro.

Ao perceber o quanto Anne havia ficado com raiva, Cherry sorriu e logo após observou o homem ao seu lado, apaixonada.

Anne, por sua vez, rasgou todas as suas roupas brancas e as jogou no chão.

Cherry sempre gostou de usar roupas mais claras, especialmente branco.

Então, naquele momento, Anne jurou a si mesma que nunca mais usaria nenhuma peça de roupa branca, ou nenhuma outra que se assemelhasse a Cherry. Afinal, a última coisa que ela queria era se parecer com ela.

"Kevin, você já postou nossas fotos?", Cherry perguntou enquanto se encostava no peito dele.

"Vou postá-las agora!", Kevin disse sorrindo.

Ele pegou seu celular e analisou qual foto melhor os representava. Numa delas, eles estavam sorrindo alegremente, com os braços entrelaçados. Era nítido que eles se amavam e eram o casal perfeito. No entanto, quanto mais ele observava a foto, mais irritado ele ficava, mas sem dizer nada, Kevin postou a foto.

Na legenda, ele escreveu: 'Feliz aniversário, querida! Eu te amo para todo sempre!'

Assim que ele postou a foto, os comentários começaram a inundar o perfil dele.

Um dos comentários dizia: "Essa foto é uma tortura para um cara solteiro!"

Outro afirmou: "Esfrega na cara dos outros mesmo! Por qual motivo você não dá um tempo para os seus amigos solteiros?"

Também haviam inúmeros comentários elogiando a aparência da Cherry: "Cherry, você está radiante! Feliz aniversário! Eu espero que vocês fiquem juntos para todo sempre!"

Todos sabiam que Kevin era casado, mas eles também tinham ciência que ele só tinha olhos para Cherry.

Continuar lendo
img Baixe o aplicativo para ver mais comentários.
Baixar App Lera
icon APP STORE
icon GOOGLE PLAY