Baixar App hot
Início / Fantasia / Amor Além do Tempo
Amor Além do Tempo

Amor Além do Tempo

5.0
66 Capítulo
147.5K Leituras
Ler agora

Sinopse

Índice

Em uma época de perseguição às bruxas, dois jovens de aldeias diferentes se apaixonam à primeira vista, sem saber que ambos guardam um segredo sobrenatural: ela é uma bruxa e ele um lobisomem. Quando a verdade vem à tona, eles se unem ainda mais, dispostos a enfrentar qualquer perigo para ficarem juntos. Para garantir a segurança de seu amado e de seus novos parentes, ela lança um feitiço de imortalidade sobre os irmãos dele, enquanto ela e Ethan se tornam eternamente ligados por um laço de sangue e amor. Mas o destino os separa quando ela é enfeitiçada por sua própria família e adormece por séculos. Ethan não desiste de procurá-la e segue a pista de uma lenda sobre a bruxa adormecida. Quando finalmente a encontra e a desperta, ela se vê em um mundo totalmente diferente do que conheciam. Agora, ela precisa se adaptar ao século XXI e lidar com as bruxas que a quer morta. Será que o amor deles resistirá a tantas mudanças? Descubra nesta história emocionante e surpreendente, que vai te cativar até o fim. Imperdível!

Capítulo 1 1.Primeira Vez!

Olá, meu nome é Agnes, eu tenho 17 anos, sou uma bruxa no ano de 1692, isso mesmo e moro em Salém, minha família toda são bruxos, tenho tios nas trevas e tios na luz. Fazer o que, toda família tem as ovelhas negras.

Estou ansiosa, pois daqui a alguns meses farei dezoito anos, e quando se faz 18 anos fazemos um ritual onde será descoberto meu dom, seja ele das trevas ou da luz.

Os nossos poderes são com base no ar, água, terra e fogo.

Diz a lenda que a cada milênios surgi a bruxa mais poderosa de todas, onde a mesma adquire mais de um dom, nossa ânsia tem dois dons, e a antes dela tinha três.

Estou ansiosa, mas com medo também, pois não controlamos se seremos da luz ou das trevas, você literalmente se transforma após o ritual.

Como toda adolescente, sou completamente apaixonada por um rapaz. Seu nome é Ethan. Ele é da aldeia vizinha, mas não sei o motivo pelo qual somos proibidos de atravessar a fronteira. As regras são ditas e todos devem seguir sem questionamento. Sempre nos encontramos na floresta que fica entre nossas terras. Hoje, vou após o almoço. Namoramos escondido, já tem algumas luas.

— Mãe, vou procurar urucum. — Grito da porta.

— Cuidado filha, não vai perto da barreira, não confio naqueles cachorros.

— Como mãe? — Nunca e tendo quando ela fala essas coisas, eles não são animais, mania de comparar gente com animal.

— Cuidado filha, apenas isso.

Achei estranho chamar nossos vizinhos de cachorros, mas nem liguei, estava louca para ver me Ethan, fui sempre olhando para ver se não estava sendo seguida, cheguei ao córrego, onde eram nossos encontros.

Sinto alguém tampar meus olhos, eu falo virando.

— Oi, meu amor — Ele me beija, eu fico mole com seu toque, sei que é proibido uma mulher beijar um homem, mas nem ligo, ele será meu esposo mesmo.

— Cada dia que passa fico mais louco por você minha princesa, parece até que estou enfeitiçado.

— Te garanto que não é feitiçaria, é amor mesmo. — Quando disse isso ele me agarrou de novo, hoje ele está mais ousado.

— Amor, você está me deixando louco, olha isso — Ele coloca a minha mão na sua parte íntima, eu arregalo os olhos e começo a sentir a minha intimidade pulsar.

— Amor, o que é isso que estou sentindo em minha intimidade.

— Ela está me chamando, ou melhor chamando meu amiguinho. — Ele pega minha mão e a coloca em seu membro novamente, me beijando logo depois. Começo a mexer nele, fazendo carícias. Ele pega minha mão e a coloca dentro de sua calça. Sinto o crescimento da minha mão, que é macia. Continuo fazendo o que estava fazendo por cima das calças dele, então ele começa emitir sons diferentes e seu beijo começa ficar mais intenso.

Ele tira minha mão de seu membro e me pega no colo e pressiona minha menina no seu membro, me sinto molhada na hora, e entrelaço minhas pernas em sua cintura, para ficar mais perto possível dele, ele me deita na grama e fica acima de mim.

— Você confia em mim? — Ele me pergunta serio.

— Sim, confio muito em você.

Ele volta me beijar e passa a mão por todo o meu corpo, me deixando louca pelos seus toques. Ele desce o beijo para meu pescoço, e logo ele está com meus seios na boca. Começo a fazer barulhos com a minha boca, ele coloca a mão por debaixo do meu saiote e a cada toque sinto minha pele se arrepiar. Ele vai subindo até chegar na minha intimidade, onde ele coloca seu dedo. É como se eu estivesse pegando fogo por dentro, uma sensação nova, mais viciante.

— Você está molhada para mim, me deixe sentir seu gosto. — Eu não faço ideia do que ele quis dizer, mas confio nele, então apenas digo sim com a cabeça, pois não sou capaz de dizer uma palavra.

Então ele tira minha roupa íntima, entra embaixo da minha saia, arregalo os olhos quando imagino o que fará e, sim, ele cai de boca na minha menina. Não consigo segurar e grito de tesão. Nunca senti uma sensação tão prazerosa quanto a que estou sentindo. Sinto meu corpo todo se arrepiar, me sinto pegando fogo e quero mais essa sensação, começo a me tocar, nunca fiz isso, mas sinto que preciso. Pego meus seios e começo a apertá-los. Jogo minha cabeça para trás, sem perceber, começo a fazer movimentos com meu quadril. Ethan é fantástico com sua língua. Quando o senti, senti um dedo, com muito cuidado, em minha intimidade. Senti dor, sinto necessidade de mais. Ele para me olhar e estou completamente entregue a ele.

— Não quero te machucar amor — ele diz me beijando.

— Não vai, agora continuar fazer o que estava fazendo, eu nunca me senti assim, mas estou amando. — Ele sorri de um jeito que me deixa mais molhada.

— Isso se chama tesão, e esses sons maravilhosos que está fazendo se chama gemidos, e é melhor parar se não gozo antes mesmo de entrar em você — arregalo os olhos, e ele me dá um sorriso muito safado e volta para debaixo de minha saia.

Ele segue adiante agora, sem delicadezas, me chupa, me morde, eu começo a sentir meu abdômen se contrair, minha menina apertar. Ele coloca um dedo e depois mais um. Sinto uma dor forte desta vez, mas estou tão excitada que começo a movimentar meu quadril e quando ele diz:

— Isso amor, mexe sua buceta na minha cara — foi meu fim, mexo mais rápido e logo estou gritando seu nome em um gemido.

— Ethannnnnnnnnnnnnnnn, aiiiiiiiiiiiiiiii, aaaaaaaaaa que delicia Ethannnnnnnnnn! — Ele sai de baixo da minha sai e vem para cima de mim de novo.

Continuar lendo
img Baixe o aplicativo para ver mais comentários.
Baixar App Lera
icon APP STORE
icon GOOGLE PLAY