Baixar App hot
Início / Romance / O pai Cowboy do meu amigo
O pai Cowboy do meu amigo

O pai Cowboy do meu amigo

4.9
87 Capítulo
251.2K Leituras
Ler agora

Sinopse

Índice

Série Cowboys volume 1 Érica dos Santos, uma garota da cidade grande. Sai de férias da faculdade e o amigo a convida para conhecer a fazenda do pai. Ao conhecer Cássio Durant, Érica se apaixona perdidamente pelo pai do amigo. Cássio mora em Minas Gerais, numa cidade muito pequena, foi pai muito jovem, se casou com a namorada, e quando o filho tinha 8 anos se divorciou. Desde então, não se amarra com ninguém. Ao conhecer Érica, um sentimento até então desconhecido o invade mais sabe que não pode ceder, pois, o filho a ama. Por amor ao seu filho Cássio se mantém distante. Até quando ele resistirá? Livro Registrado no CBL ISBN n. 978-65-00-42349-5

Capítulo 1 O convite

"Finalmente férias da faculdade"

No último dia de aula do primeiro semestre, Lucas Durant, convida sua melhor amiga para conhecer a fazenda do pai.

— Oi gatinha, vai fazer o que nas férias? — Pergunta saindo da sala de aula.

— Ainda não sei. Estive pensando em viajar para a praia.

— Ah para, você só pensa em praia.

__ Para onde mais?

__ Vem passar esse fim de semana na fazenda comigo? Se gostar e quiser poderá ficar mais tempo.

__ Eu não sei Lucas, é que não conheço seu pai.

— Para, meu pai é tranquilo.

— Hum, está bem. Acredito que irá ser ótimo. — Ela fala Otimista.

— Claro que será. Sabe montar?

— Se for cavalo, não sei. — Ela responde com um sorriso de canto de boca.

— Muito saidinha você, RS...

— Você sabe que faz um tempo que estou sozinha.

— Porque você quer princesa.

— Você tem razão, mais ninguém chama a minha atenção ultimamente.

— Sei como é. Mais não deixo de dar minhas saídas, kkk

— kkk...

— Vou indo. Amanhã de manhã, bem cedo vou te buscar.

— Ok, tchau.

Em casa Érica, prepara uma mala grande. Afinal, não sabe se vai ficar mais do que o fim de semana, está de férias e pode aproveitar mais o tempo com o amigo.

Lucas Durant, mora com os avós desde criança, está de férias do serviço e agora da faculdade. Passará uns dias com o pai, a um ano que não o vê.

Em seu quarto, Lucas se despe e vai para o chuveiro, no banheiro, pensa em Érica. Sempre nutriu sentimentos por sua amiga, mais nunca se declarou, com medo de estragar a amizade linda que eles têm a anos.

Nunca percebeu nada de diferente nela, que pudesse dizer que ela estaria interessada. Ele teve uns relacionamentos, nada muito duradouro, também teve muitas e muitas ficantes, mais nunca gostou de nenhuma, a ponto de querer uma relação duradoura.

Sempre para ele, só existia ela em seus pensamentos, até nos seus sonhos. Nesse fim de semana tentará conquistá-la.

Em casa, Érica fica pensando, como será o pai do amigo? Talvez seja chato e desagradável, se for vai querer voltar logo para casa.

Tem gente que faz questão de ser ruim e Érica não nasceu para ser maltratada.

— E se ele for chato? Quero um excelente fim de semana, será que é pedir muito?

Para de ficar pensando coisas e vai terminar de arrumar as malas, abre a gaveta do criado mudo e pensa se leva ou não seu companheiro inseparável.

— É melhor não levar, vai que Lucas te acha.

Fecha a gaveta onde se encontra seu vibrador e segue para banheiro, toma um banho antes de jantar com os pais. Após o banho coloca uma roupa curta, pois está muito calor.

Vai para a cozinha e beija os pais. É uma excelente filha, nunca deu trabalho de absolutamente nada.

— Querida, já ia te chamar para jantar. Como foi seu dia? — Pergunta a mãe Júlia.

Ela se serve e responde:

— Foi tudo as mil maravilhas. Lucas me chamou para passar o fim de semana na fazenda do pai dele. Eu aceitei e já fiz as malas. Amanhã ele vem me buscar, logo cedo.

— Que bom amor, você merece um descanso. Estudar afeta muito a mente.

— E o senhor Durant, ele sabe que você está indo? — Pergunta o Pai Benedito.

— Pelo jeito como Lucas me convidou, acredito que ele ainda não saiba.

— Seria melhor ele contar antes de vocês irem. Para não terem problemas.

— Daqui a pouco, vou ver se ele já contou.

Eles passam o jantar conversando. Logo depois ela vai para o quarto, e manda uma mensagem para o amigo pelo celular:

— Oiê... você contou para o seu pai que vai me levar?

Espera, ele responde quase em seguida:

— Oi princesa. Sim, ele já sabe. Pode ficar despreocupada, meu pai é de boa... kkk Ele não vai te morder, kkk...

— Não o conheço, dá até um medinho, para ser sincera.

— RS, está tudo bem. Amanhã vou passar aí antes do amanhecer, assim aproveitamos melhor o dia.

— Sério? Ai que preguiça de acordar cedo, RS... Que horas?

— Um pouco antes das 05:00 hs da manhã.

— Nossa, coloca cedo nisso. Está bem, estarei pronta.

— Combinado. Agora vou jantar e ir dormir, tchau princesa.

— Tchau Lucas.

Como vai acordar muito cedo é melhor ir dormir. Não quer passar o dia cochilando pelos cantos da fazenda.

No dia seguinte, ela acorda as 04:00hs.

— Ai que sono terrível.

Toma uma, ducha rápida, para ajudar a acordar. Ele disse que chegaria antes das 05:00hs, precisa se apressar.

Sai do chuveiro e se veste a caráter. Vai para uma fazenda, tem que se vestir de cowgirl.

— Perfeito.

Continuar lendo
img Baixe o aplicativo para ver mais comentários.
Baixar App Lera
icon APP STORE
icon GOOGLE PLAY