Baixar App hot
Início / Fantasia / Dark Hearts
Dark Hearts

Dark Hearts

5.0
3 Capítulo
1.6K Leituras
Ler agora

Sinopse

Índice

Ao longo da existência humana, batalhas e batalhas foram travadas. Seres humanos, seres mágicos e até seres celestiais se envolviam em conflitos. Hoje, uma suposta paz reina entre os 10 reinos, mas certos problemas do passado irão causar a catástrofe no presente para a terra não ter um futuro.

Capítulo 1 Mudanças

Entre os dez reinos existentes e conhecidos, um dos mais influentes é Lume. Esse reino se destaca pela riqueza que contém, harmonia entre seus habitantes, belas paisagens e o bom governo da linda e poderosa rainha Morgana. Um exemplo de comando, Lume é pioneira em qualidade de vida, sendo bela em sua fauna e flora. Apesar de toda harmonia e paz, o reino tem um bom número de guerreiros poderosos.

Desde pequeno, jovens são treinados à desenvolver suas habilidades, fazendo assim um bom exército jovem e poderoso. Entre a beleza do Reino, no quintal de uma linda casa, cercada por copos-de-leite, Rosas e algumas árvores, um jovem de nome Leon treina com seu pai alguns golpes de combate corpo a corpo:

- Vamos Leon, mantenha o foco!- Exclamava o pai, desferindo um golpe com o braço esquerdo fazendo o jovem defender com a mão direita.

- Eu tô focado pai!- Respondeu o jovem abrindo a palma atingindo o ombro do mais velho que defendeu e fez Leon de bobo, fazendo o menor se virar e dando em si um golpe com a palma aberta derrubando o menino, indo para cima dele e o rendendo com uma adaga.

- Não, você não tá focado, muito pelo contrário, você tá desligado hoje.- Disse o mesmo levantando o filho.

- Desculpe pai, é que o fato de ser minha primeira vez na escola de Lume me deixa nervoso.- Falou ele limpando as folhas que estavam em sua roupa.

O pai colocando a mão sobre os ombros do filho, vendo o nervosismo eminente dele, falou:

- Eu sei que está nervoso mas não pode se distrair, principalmente em treinos. Filho, em uma batalha segundos fazem diferença para um guerreiro bem treinado, então a concentração é a técnica mais poderosa que você vai ter!

- Okay pai, isso não vai se repetir e obrigado.- Disse o jovem olhando para o pai.

Logo passa alguns minutos que eles estavam parados para ter algum descanso, e a mãe de Leon chama ambos para entrar:

- Eros e Leon, tratem de entrar que o almoço está pronto, e menino tem que se arrumar para escola.

Os dois entraram imediatamente, Eros entra dando um beijo na esposa e Leon olha meio estranho pros dois e corre para o quarto se arrumar. Ele entra no quarto e tira toda a roupa, em seguida se encara no espelho e nota que para um jovem de quinze anos, tem um belo corpo. Assim ele toma banho, coloca sua roupa que era uma camisa de manga comprida, uma espécie de abrigo preto e suas sandálias de batalha. Desce e se encontra com a família na mesa onde havia sua mãe Sofia, seu pai Eros e sua irmã Beatriz.

- Olha ele todo lindo.- disse Beatriz olhando de um jeito fofo para o irmão.

- Você que tá uma gata com esse vestido até os joelhos azul e preto.- Leon retruca o elogio da mais nova, dando um beijo na testa dela.

- Como é bom ver vocês dois se dando bem, porque os filhos da sua tia não são assim.- Falou a mãe ajeitando o cabelo de Beatriz.

Beatriz concluiu pegando uma espécie de mochila e colocando alguns cadernos dentro:

- Eles são uns selvagens, não se amam como irmãos, vivem divididos

- Falando em selvagens, Leon porque você está sujo no rosto como um animal da floresta?- questionou a mãe se aproximando, colocando o dedo na boca e limpando a mancha do rosto do menino.

- Desculpe mãe, é que eu tava tão ansioso que nem reparei.- Disse ele sorrindo, fechando os olhos e coçando a cabeça.

- Sei, ansiedade.- Disse a mãe se levantando e olhando pra ele.- Olha só, meu menino já tá crescido e vai pra escola.- Ela deu um beijo toda feliz e orgulhosa pelo filhão assim sai para servir o almoço na mesa.

- Olha a princesa da mamãe não é mais eu.- Disse Beatriz sorrindo e apertando as bochechas do garoto.

- Para Bea, você é a princesa, só que eu sou o príncipe!- reclamou ele fazendo birra e cruzando os braços.

Quando Leon disse isso Beatriz o abraça com força e da um beijo na bochecha dele. logo eles são chamados a mesa onde almoçam juntos. Passa um tempo e eles estão prestes a sair até que Leon cita algo sobre seu amigo Joe e Dani irem com eles. Beatriz fica meio nervosa ao ouvir o nome de Joe e até gagueja ao questionar porque dele ir junto, então ele apenas ri e disse que ambos os dois iriam entrar na escola. Todos na casa percebiam que Beatriz tinha alguma queda por Joe, acho que o único que não percebia era ele mesmo.

Na rua de cima, morava Joe. Ele estava se arrumando, de forma bem extravagante. Vestia uma capa preta e o conjunto de roupas também pretas. Parecia roupas de filhos de reis mas era só o arrogante Joe. A mãe dele vê aquilo e pergunta:

- Por acaso você vai pra alguma festa? Não melhor, você não sabe usar uma roupa normal como todos os outros seu idiota?

- Mãe, eu não sou normal, eu sou Joe, o guerreiro mais bem preparado de Lume, e ninguém pode contra mim.- Ele responde dando um riso no espelho, arrumando a capa com um tom de arrogância.

- A única coisa que tu tá preparado é pra tomar um aplauso na orelha seu moleque.- Ela disse gritando e dando um tapa no garoto.

- Aí MÃE, DOEU, E VOCÊ TEM QUE PARAR DE ME BATER. Já tenho quase quinze anos.- Disse ele esfregando o ouvido vermelho pelo tapa.

- Pode ter trinta anos que eu vou te quebrar a pau garoto, tu é meu filho, e cala a boca se não apanha pra valer.- Ela fala ajeitando a capa do menor.- Eu te amo imbecil, agora vai na casa do teu amigo porque senão vai se atrasar e se atrasar eu te arrebento.- Deu um beijo na testa do menino e o empurrou para a porta.

- Também te amo mãe, e já tô indo.- Se despediu ele saindo do quarto.- Mulher maluca.- Sussurrou ele.

- O QUE VOCÊ DISSE?- ela olhou pra ele

- Eu disse que queria uma peruca, é uma peruca.

- Peruca para que se teu cabelo parece uma juba de leão, tu tá é brincando com perigo. Olha Joe, tu me respeita.- A mãe sorri com um ar de perigo para o garoto que engole a seco o medo posto por ela.

- Me desculpa, eu tô indo.- Ele novamente se despede saindo correndo de casa.

~Na casa de Leon~

Leon percebe que joe chega. Ele nota que Beatriz ficou um pouco envergonhada, pois ela fica vermelha na presença de Joe, tanto é que Beatriz mal consegue cumprimenta-lo e até gagueja. Leon então pega Beatriz pela mão e a puxa pra fora de casa e a leva junto com ele e Joe para a escola. No caminho eles conversam um pouco enquanto apreciam as lindas paisagens de lume:

- Então Beatriz você está com gripe?- Pergunta Joe chegando no lado dela.

- Na-Não, porque?- Ela responde sem olhar pra ele.

- Porque você está toda vermelha, principalmente a ponta do seu narizinho lindo.- Ele disse dando um sorriso e tocando com o dedo a ponta do nariz da menor.

Ficando totalmente vermelha com Vergonha sem olhar pra ele, Beatriz responde:

- Deve ser o calor Joe só isso.

O clima iria ficar mais desconfortável para ela, mas felizmente Dani se junta a eles para irem a escola, afinal Dani também é amigo de Leon e Joe e iria estudar juntos.

- Bom dia Leon e Joe, bom dia princesinha.- disse Dani se juntando ao grupo dando um abraço em Beatriz.

Dani é um cara bem regrado, acorda cedo, lê livros e gosta muito de seguir as regras. Dani também é um cara que preza suas amizades, então ele tem um grande carinho por Joe e Leon, já que são seus poucos amigos. Ele como pessoa também é carinhoso e amistoso com as pessoas, e ele tem um carinho por Beatriz.

Joe, puxa o amigo e enlaça seu braço sobre o pescoço dele, falando:

- Olha se o senhor certinho não está pontualmente no lugar.

- Você tinha alguma dúvida?- Leon completa com uma pergunta debochada.

- Olha eu sei que uma vida regrada não é o estilo de vocês, mas pelo menos respeitem o meu.- Disse ele dando um peteleco no ouvido de Joe que retribuiu com um soco no braço.

- A gente te entende, só não te respeita seu babaca.- disse Leon rindo e chamando o pessoal para irem a escola.

Os quatro chegaram na escola de lume, que só pela entrada parecia ser algo de alto padrão. Eram duas colunas de pedras detalhadas com as inscrições de quem já governou o reino, e nessas colunas havia flores entalhadas. A entrada era decorada por bandeiras brancas e azuis com o brasão que ostenta nos corações dos lumanos a honra e orgulho de fazer parte e representar o reino.

Beatriz olha com certa intimidação o local e fica atrás de Leon segurando o mesmo pela camisa. Leon Nota que ela ficou insegura e a acalma dizendo que ficaria tudo bem e que ela não estaria sozinha.

- Tá vendo, esse é o nosso lugar Beatriz!- Disse Joe todo confiante.

- Para Joe, fique quieto.- Repreendeu Dani.

- Tá tá, o fato é que somos grandes por estar aqui. vai ser fácil.- Disse Joe de modo arrogante entrando.

Joe deveria saber que toda essa coragem iria virar medo ao ver centenas de alunos no enorme salão de apresentação. Joe ficou olhando tantos e tantos alunos que seriam além de parceiros seus rivais. Dani olha para aquele acúmulo de gente e se mantém normal e confiante. Já Leon segura a mão de sua irmã Beatriz e ficam maravilhados de ver tantas pessoas. Logo Beatriz fica mais calma com o afeto do irmão. Leon por um tempo nota que estava sendo observado, e não por menos a mesma pessoa o chamou atenção. Uma jovem loira de olhos azuis ficou o fitando por um longo período, e ele fez o mesmo. O jovem percebeu que as pontas dos cabelos loiros da garota ficaram por segundos de tom avermelhado. Leon Nota isso e no momento que ela olha para outro lado, chama Dani e Joe:

- Ei, vocês sabem ou já viram aquela garota?- Perguntou Leon apontando discretamente para ela.

- Cara...é bem gatinha, mas eu nunca vi ela, porquê? Você tá interessado?- Respondeu Joe, ja questionando o amigo dando um tapinha no braço dele.

- Não é isso seu imbecil, é que ela me parece famíliar.- Ele disse todo vermelho.

- Claro, e esse vermelho na sua pele é de calor né.- disse Joe fazendo Dani rir.

- Cala boca. Dani voce conhece?

- Olha nunca conversei mas soube que o nome é maya, neta de um comerciante dos reinos desconhecidos, ele vem vender algumas mercadorias como comida, roupas e armas.

- Maya, é um nome bonito!- disse Leon dando um sorriso

- Pronto agora já sabe o nome do futuro amor da sua vida.- Disse Joe zoando.

- Cala a boca Joe.- Leon falou dando um tapa no ombro dele e ficando vermelho.

Beatriz que só observava dava alguns risos até que Joe olhou para ela e corou. A garota ficou envergonhada com o olhar de Joe porque se você que tá Lendo ainda não percebeu, ela é caidinha por ele, e eu ainda citei isso lá no começo. Enfim todos no salão entram em silêncio porque a rainha Morgana proferiu um discurso para todos ali de apresentação. Ela distribuiu as turmas e depois selecionou os professores, mas haveria também a criação de pequenas equipes de cinco alunos e um mestre de patente alta. Enfim Leon ficou na turma um, e sua irmã ficou na turma um também com Dani e Joe. Após a distribuição das turmas, começou a seleção de alunos em equipes. Eram chamados os sensei e após isso o nome dos alunos. Beatriz ficou em uma equipe com sua tia Safira e Joe. A Beatriz vai ser colega de Joe, então ela vai ter oportunidade de mostrar que gosta dele ou corar a cada dez minutos. Leon ficou curioso, pois maya seria companheira de time com sua irmã. Ele sabia que na turma grande, eles seriam colegas, então seus olhos já estavam brilhantes, pois ela havia chamado atenção dele mais cedo.

Todos murmuravam coisas no momento que aquele homem de cabelos pretos e olhos com fundo escuro subiu ao lado da rainha. Uma sensação de medo tomou conta de todos, pois quem seria professor ali era o irmão da rainha, Black. O feiticeiro filho das serpentes que é altamente reconhecido. Leon sabia que ser aluno de seu tio não deve ser algo fácil, mas para sua sorte ou azar, seu nome foi chamado. Não só o dele como de seu amigo Dani, e também de sua prima Deborah.

- Dani, a gente tá ferrado!- cochichou Leon pra Dani.

- Não Leon, pense na possibilidade de aprender com esse cara, além do mais ele é seu tio.

- Cara ele nunca treinou ninguém por não achar pessoas a altura de seus treinos, e ele pouco apareceu no Reino. A gente só o conhece pelas histórias.

- Okay, você conseguiu me deixar com medo.- Disse Dani.

Logo que os nomes tinham sido chamados, eles foram até os outros alunos da equipe e foram por Black levados a uma sala para enfim ter sua primeira aula...

Continuar lendo
img Baixe o aplicativo para ver mais comentários.
Baixar App Lera
icon APP STORE
icon GOOGLE PLAY