Baixar App hot
Início / Moderno / Uma Moderna CEO
Uma Moderna CEO

Uma Moderna CEO

4.8
14 Capítulo
26K Leituras
Ler agora

Sinopse

Índice

Dinah Fontanne é uma empresária obstinada e levemente tempestuosa, onde alguns inimigos a chamam de viúva de ferro. A mulher de pouco amigos leva uma vida acima de qualquer suspeitas, porém o que quase ninguém imaginava, era que Dinah tinha sim as suas aventuras amorosas entre uma reunião ou outra, ou no silêncio da sua luxuosa cobertura. Até que um dia entrou em seu caminho o sonhador Benício Pavano, que escolheu a cidade de pedra para vencer pelos próprios méritos, mesmo sendo algo bem difícil de alcançar. Sócio de uma agência de publicidade com poucos clientes, o ele não esperava era a chegada de uma mulher rica e misteriosa que mudaria completamente a sua vida. Ela deixaria todos aos seus pés, porém ele só queria uma pessoa aos seus pés. Um encontro. Sentimentos à flor da pele. O que um coração de pedra enfrentaria em uma tempestade chamada amor? Será possível amar uma atração? Dinah e Benício espera por você.

Capítulo 1 Uma moderna CEO

A paixão é avassaladora quando chega junto com o som da tempestade.

Prólogo

Jantar no restaurante Terraço Itália- SP

O restaurante que frequentaram juntos, agora ficaria apenas nas recordações. Na mente e no coração daquela mulher.

Aquele espaço foi tudo o que os dois amantes precisavam para terem a companhia um do outro no final do dia e sem os olhares curiosos.

Dinah tinha uma aparência tranquila mesmo sabendo como tudo iria terminar, era uma despedida.

Ele iria deixá-la.

— Então, eu posso ir mesmo?

— Você é livre, sempre foi e nunca neguei isso – Ela conseguiu sorrir após saborear o vinho predileto de Benicio, mas por dentro, o seu coração gritava para aquela ideia ser adiada.

O olhar de Benicio, carregava um misto de surpresa e confusão, porém o seu tom de voz era firme.

— Você me deu tanto durante esse tempo e aprendi tanto ao seu lado.

— Você quase correu de mim.

— Sim. Eu corri e voltei e não me arrependi.

— Fico feliz. E agora está pronto, pode seguir o seu caminho… Aquele último comercial é um grande sucesso.

—Tudo está acontecendo e é incrível – Ele a analisava, os olhares não se encontravam, ela não permitia — Você poderia aceitar aquele convite da exposição que a minha agência está cuidando, na próxima semana – insistiu.

— Sabe como é a minha agenda, mas quem sabe eu apareça – ela respondia quase que pausadamente já que por dentro gritava:

Vá embora logo!

— Você está linda esta noite, aliás todas as noites e os dias...

O sorriso dele era tentador, o mesmo sorriso que encantou Dinah desde a primeira vez que os seus olhos pousaram sobre ele.

Dinah precisa sair daquele lugar.

— Sempre gentil. Bem, como o nosso jantar era apenas uma pequena despedida, creio que não vai se importar de eu ter que deixá-lo aqui. Sabe como sou e tenho pilhas de relatórios e reuniões me esperando amanhã bem cedo na empresa.

— Claro. Eu sei sim e se quiser posso acompanhá-la.

— Não precisa, o Saulo está me esperando.

Benicio levantou junto com ela, a conversa ainda não tinha terminado e sentia que ela queria ir mesmo embora.

— Eu desejo todo sucesso do mundo para você.

— Obrigado, Dinah… Por tudo.

Dinah foi se afastando lentamente e não se deixou tocar, pois a ideia de sentir a pele dele na sua poderia fazer com que desistisse de tudo e esquecer aquela dor que vinha sentindo desde o momento que soube de tudo.

Dinah partiu, pisando firmemente no carpete vermelho com o seu salto francês ponta agulha que tinha comprado na sua última viagem à França. Para aquela noite, tinha escolhido um belo longo negro que modelava o seu corpo. Caminhando em direção ao elevador, em nenhum momento, voltou-se para olhar na direção de Benicio.

Porque esse poderia ser um sinal que ele aguardava dela.

Dinah entrou no elevador ainda em transe, segurando as emoções que agitavam o seu corpo. Estava tão absorvida por seus pensamentos que só reparou que a porta do elevador já estava aberta quando sentiu o ar gelado tocar o seu rosto.

Agora, ali na garagem, viu o seu fiel escudeiro motorista, Saulo que a aguardava como tinha sido ordenado. Aquela saída era discreta e eficaz para muitos clientes do lugar.

O motorista quando a avistou sozinha, mudou o olhar pois esperava ver uma outra cena, então logo se recompôs e abriu a porta de trás da SUV- Honda Urban para que a sua patroa entrasse e assim deixarem o famoso edifício.

O homem não fez nenhuma pergunta e seguiu de volta para o Tower Garden, residência de Dinah Fontanne.

Dinah passou o tempo todo olhando as paisagens da cidade cinza e as luzes que clareavam parte da escuridão do carro, e foi observando o contraste da cidade que deixou as lágrimas descerem.

Ela, que sempre esteve no controle de tudo, sempre foi dona das cartas marcadas, agora sentia-se sem chão.

Ela nunca conheceu o amor de verdade e começou a rir de si mesma, pois pensava como a vida era irônica em só mostrar agora que Benicio era apaixonante.

Quase um ano de relacionamento que poderia acabar a qualquer momento, que tudo era resumido nos pequenos momentos e prazeres da vida, e por tanto negar o que ele queria, agora ela seguiria como sempre foi, sozinha.

Tudo tinha um fim.

E o caso deles não seria diferente, ainda mais com uma terceira pessoa entre eles, a qual Dinah não queria enfrentar.

Continuar lendo
img Baixe o aplicativo para ver mais comentários.
Baixar App Lera
icon APP STORE
icon GOOGLE PLAY