Lera > Jovem Adulto > Internato para Submissas

   Capítulo 1 O Internato

Internato para Submissas Por AnnyDobrev Personagens: 5444

Atualizado: 2021-04-06 12:15


Sarah Young

Sinto que nasci na época errada. Fui enviada pelos meus pais, para o internato mais temido do mundo, vulgo IPS, o por que? Não gosto de nada que envolva bdsm, não aceito a idéia de que a mulher seja "escravizada " para agradar homens que não sabem se controlar. E também não aceito a idéia de que devemos servir o homem e o satisfazer da forma que ele quiser. Dizem por aí, que bdsm não é sobre machismo, vai muito além, eu concordo, porém não consigo me adequar.

Estamos no ano de 2050, a sexualidade é a prioridade para todos (menos para mim). A cada lugar que eu vou, vejo banners, letreiros, quadros, discotecas, livrarias, absolutamente tudo relacionado à essa praga bdsm, sim, o mundo foi dominado pela luxúria. Para os cientistas, o sexo é essencial e acima de tudo.

Ao completar dezoito anos, as moças são escolhidas por dominadores, tudo é feito por contrato, falando no modo antigo, é como se fosse um casamento arranjado. Ian, foi o pobre dominador que me escolheu e deu sua oferta (dote) para meus pais, ele é rico, o que fez meus pais aceitarem de imediato, sem pensar no que eu queria de verdade.

No primeiro dia de casados, fugi, eu sabia que Ian era um ogro e que iria me corromper a força. Infelizmente, nada é para sempre, Ian me achou, me desvirginou da forma mais horrorosa possível, ele me castigou por fugir e por isso me deu trinta chicotadas, além de ficar isolada, vinte e quatro horas sem comer. Depois disso, eu me vinguei, algemei Ian e lhe dei o dobro de chicotadas, em troca coloquei em seu pênis um cinto de castidade e joguei a chave no mar, por isso, ele ficou três dias sem gozar.

Ian atualmente tem ódio mortal de mim, mas como toda alegria dura pouco, quando contei à meus pais, concordamos que o melhor era vir para o internato de submissas, pois sabemos que Ian nunca mais iria me achar.Apenas pessoas escolhidas pelo governo sabem a localização desse lugar, e a cada seis meses são enviadas moças e rapazes, como se fosse um ciclo.

- Minhas doçuras, finalmente chegamos! Olhem como o Internato é enorme e bonito - disse a tutora, segurando a sua bengala. Ela não era velha, deveria ter uns quarenta anos. Ela segura essa bengala porque na ponta tem uma faca e aonde ela coloca a mão, tem um vibrador.

O ônibus aéreo estava descendo. Podia ver o internato bem distante, sim ele era enorme, não há como fugir, de um lado uma floresta repleta de armadilhas, câmeras e guardas, e do outro lado o mar que não tinha fim. A tutora já havia alertado que fugir é selar a própria morte, é suicídio.

- Desçam devagar, e esperem no portão!

Enquanto todos desciam animados e falantes, eu era a única que ficou sentada esperando todos descerem.

A tutora olhou para câmer

a, e o objeto fez o reconhecimento facial dela, pedindo uma senha no qual ela digitou.O portão se abre e guardas estão espalhados por toda parte. Eu precisava fugir, só não sabia como.

Ao entrar no castelo, todos depositam seu casaco na parede. Fico admirada, é um lugar extremamente lindo, como se fosse um internato da realeza, tudo dourado e banhado a ouro, na parede vejo dois quadros enormes. É de uma mulher muito linda, ela tem o cabelo curto e preto, seus seios estão empinados, e com um tipo de prendedor nos mamilos, ela usa roupas látex e uma chibata nas mãos. Parece ser poderosa. Ao lado dela, um homem sério, de olhos claros e de porte musculoso, ele usa terno e gravata e está com cordas e algemas nas mãos, é assustador, parece real.

- Esses são Angel e Apollo, nossos destaques como professores e dominadores. Angel é a melhor dominatrix de todos os tempos e Apollo, o melhor dominador - disse a tutora de maneira orgulhosa.

Caminhamos e paramos no corredor. Tinha uma parede com chaves penduradas e números acima das chaves.

- Cada quarto é temático, vocês terão que se vestir com as roupas do closet, as roupas que trouxeram serão queimadas.

- O quê? Ficou maluca? - disse - Nunca que irei deixar minha roupa ser queimada, dinheiro não cai do céu.

Ela ri. Os outros também. Como se o que eu dissesse fosse uma piada.

- Silêncio! - diz, e todos se aquietam. A bruxa caminha até a mim e coloca a mão no meu queixo - ora ora, o que temos aqui, uma garota abusada, o professor Apollo adora lhe dar com meninas do seu tipo - ela dá um sorriso - por causa disso, será castigada na sala escura.

- Sala escura?

- Temos vários tipo de salas aqui, a mais divertida é a escura - novamente ela mostra seu sorriso amarelo.

- Agora prestem atenção - diz, rude - cada andar é dividido por ordem alfabética, acima das chaves estão dois nomes, ou seja, vocês dividirão o quarto com alguém, pode ser homem ou mulher. Organizem uma fileira e subam já! Às 12h vistam-se com roupa adequada e olhem a parede organizadora, terão seu primeiro dia de aula. - diz e caminha até a mim, todos nos olham, já você, terá um belo castigo após a aula. Farei questão de falar com Apollo.

Ela se afasta e chama a atenção de todos:

- Que sirva de exemplo, aqui terão de aprender a se portar!

Sinto meu sangue ferver, queria rolar no chão com essa bruxa, mas sei que o pior me aguarda. Pego as chaves e sigo para o corredor S.

_______

ATENÇÃO: Vou deixar aqui um aviso sobre SSC - ( CONSENSUAL) = ao entrar no Internato, TODOS sabem das regras, todos sabem que se fizer algo que vá contra as normas você é punido. Então, é um contrato, como uma relação D/s (Dominadorsubmissa)

Livro destinado para maiores de 18 anos.

(← Atalhos teclado) Anterior Conteúdos (Atalhos teclado →)
 Novels To Read Online Free

Digitalizar o código QR para baixar o Lera.

Volte para Topo

Partilhas