Lera > Moderno > Meu Sr. Soldado

   Capítulo 9 Não mexa com outro homem

Meu Sr. Soldado Por Valentina Britto Personagens: 6157

Atualizado: 2020-03-24 00:57


Quando Fede e Marina entraram na sala, Fede fechou a porta com um chute forte.

Marina sabia que ele estava com raiva, parou no meio da sala disse: "Fede, já que você sabia que o Pedro era meu ex-namorado e também não nos casamos por amor. Por que você se importa tanto com isso? "

Fede se aproximou dela, apertou seu pescoço com força, querendo enfiá-la inteira em seu coração. "Marina, não vou permitir que minha esposa tenha nenhum relacionamento com outro homem."

"Eu não sou sua esposa." "Com uma promessa e uma certidão de casamento, você quer que eu me torne sua verdadeira esposa? Pare de sonhar com isso. "

"Nosso casamento não conta? ou ... " Fede parou por um segundo e disse: "Ou você quer dizer que eu não fiz sexo com você e é por isso que não conta?"

Marina não respondeu nada sobre isso.

Ao ver que ela estava em silêncio, Fede pensou que ela concordava com isso. Marina não sabia que o homem na frente dela era o homem com quem teve a primeira noite.

"Ok, se achar assim, eu vou fazer de você minha esposa autêntica." Ao mesmo tempo em que ele disse, empurrou a Marina para a cama e se jogou em cima dela.

"Fede, o que você vai fazer? Aqui é sua casa, agora não. " Marina disse nervosamente e ao mesmo tempo cobrindo o peito dele com as mãos.

"Como é minha casa, posso fazê-lo com mais conforto. Também, meu avô quer ter um bisneto, agora vou seguir as ordens dele." ... ...

Depois de dizer a frase, Fede colocou as mãos entre as pernas brancas dela e se aqueceu completamente.

"Não, Fede, não" Marina continuou o interrompendo. Ela estava clara que era impossível, pois Fede era um cara durão.

Fede, avidamente, tirou as calças da Marina, deixando-a apenas com uma calcinha cobrindo "o buraco".

Fede rapidamente tirou a roupa, olhando para a mulher abaixo dele, e se sentia ainda mais quente.

"Marina, você é sempre minha, eu não vou deixar você ir a lugar nenhum." ... .

Marina estava com muito medo e ao mesmo tempo nervosa. Embora já tivesse perdido a virgindade, ela não estava preparada pelo ataque repentino dele.

No momento em que Fede entrava em seu buraco, alguém bateu na porta.

"Droga!" Fede ficou puto e xingou, pois já esperava esse momento há muito tempo.

"Vá embora" Marina empurrou Fede e rapidamente colocou as calças.

Fede também se vestiu, dizendo para si mesmo: "Se não for algo importante, matarei a pessoa que estava fora".

Depois de se arrumar, Fede foi até a porta e a abriu. Foi a babá.

"Senhor Federico, o Senhor quer que eu vá ao escritório dele, e tem que lhe contar uma coisa." A babá disse com cuidado.

"Só isso?" Fede disse friamente.

A babá ficou assustada e falou tremidamente: "Sim, sim ..."

"Saia daqui!" Fede expulsou a babá com uma palavra.

Vendo que a babá havia saído, ele pensou que deveria ir ao escritório.

Se virou e disse à Marina seriamente: "Espere por mim aqui. Se você tiver coragem de ver o Pedro, não vou te deixar com calma."

Terminando, ele se virou e saiu.

Observando o Fede ir embora, Marina pensou: "Não queria ter nada a

ver com você, nem com o Pedro. Ele já é um passado para mim e você é apenas uma decoração, nenhum de vocês merece meu amor. Mas, depois de me casar com você, terei uma vida tranquila? "

No escritório.

Antônio olhou seriamente para Fede "Fede, você está claro em casar com ela?"

"Sim" Fede respondeu.

"Bem." Antônio estava feliz porque finalmente tinha feito um favor ao seu neto, agora ele podia falar o que queria dizer.

"Vovô, não me diga que você me chamou aqui só para me perguntar isso." Fede sabia como era o avô; era impossível para ele chamá-lo apenas por uma coisa tão simples.

"Organizaremos a cerimonia do casamento daqui a duas semanas e daqui a três meses ela deverá estar grávida. Além disso, em um ano, eu terei que ter bisneto. " Antes do Fede responder alguma coisa, Antônio disse: "Não há problema, não?"

Fede ficou um pouco surpreso, mas logo ficou normal.

"Isso não apenas depende de mim." Fede sabia que a Marina não o deixaria. Se ela não quisesse, ele não estaria disposto a forçá-la. Três meses para ela estar grávida, isso era quase impossível.

"Idiota". Antônio ficou um pouco chateado, pois já tinha esperado um bisneto há muito tempo.

Continuou dizendo: "Se não depender de você, vai depender de mim? Ela é sua esposa, faça o que quiser, mas eu só quero bisneto. Não me importa com o que vocês farão na cama."

Antônio ficou sem calma, ele não esperava que tivesse que ensinar seu neto o que fazer.

Fede não disse nada.

Antônio novamente deu uma ordem: "Se você não puder cumprir, prepare-se para receber a minha punição".

No almoço, Pedro estava sentado em frente da Marina, ele mal estava comendo, pois toda sua atenção ficava só na Marina.

Ela notou os olhares dele, mas fingiu que não tinha enxergado nada e continuou comendo.

Fede também percebeu os olhares do Pedro, embora estivesse chateado, não queria quebrar o ambiente do almoço, por que era o primeiro almoço da Marina na casa da família Chu.

Fede pegou um pouco de comida e colocou no prato da Marina.

"Obrigada." Marina disse suavemente.

Fede olhou para Pedro, viu sua expressão zangada e sentiu melhor.

Marina levantou a cabeça, apenas coincidiu com o olhar do Pedro. Ela virou a cabeça para desviar o olhar dele.

Ela sabia que não poderia continuar assim, já que o olhar do Pedro era como uma espada, em qualquer momento a mataria.

De repente, Marina sorriu, agarrou-se ao Fede e disse: "Querido, eu quero comer aquele prato".

Fede ficou surpreso com a ação dela, viu que ela queria comer o prato na frente do Pedro e disse: "Ok. Eu pego para ti".

Ele pegou uma colher de comida e levou-a ao prato da Marina. Quando ele estava prestes a colocar a comida no prato, Marina abriu a boca, indicando que queria comer a comida diretamente na colher do Fede.

"Aaaaa ..." Marina pegou o braço do Fede.

Fede ficou feliz por um momento ao ver seu comportamento, embora soubesse que estava atuando.

Finalmente, Fede colocou a comida na boca dela, com o desejo de poder alimentá-la todos os dias no resto da vida.

(← Atalhos teclado) Anterior Conteúdos (Atalhos teclado →)
 Novels To Read Online Free

Digitalizar o código QR para baixar o Lera.

Volte para Topo

Partilhas