Lera > Romance > Dever pecaminoso

   Capítulo 27 Ele fica do lado de Rita

Dever pecaminoso Por Érica Moura Personagens: 10170

Atualizado: 2020-04-21 00:16


Leon, que estava ao lado de Sofia, teve vontade de apertar a cabeça com os dedos. Ele estava sem palavras ao ver uma mulher tão irracional.

Por outro lado, Sofia não vacilou nem um pouco. Ele olhou Rita diretamente nos olhos e disse em um tom de voz perfeitamente calculado: "Se você não cooperar conosco, rescindiremos o contrato e encontraremos outra atriz. Para o Grupo YS, é muito mais lucrativo pagar a penalidade e salvar a empresa de perdas futuras."

Rita não conseguia acreditar no que estava ouvindo. Sofia não era uma garota submissa? Quando se tornou tão poderosa? Ela se mexeu desconfortavelmente sob seu olhar vigilante e finalmente cedeu com relutância. "De acordo. Você venceu. Vamos começar novamente."

"Obrigada pela sua cooperação, senhorita Rita."

Ela acenou com a mão com desdém e chamou uma maquiadora para retocar seu rosto, mas ela secretamente cerrou os dentes e resmungou com a impertinência repentina de Sofia. Esta, se virou para Leon e acenou com a cabeça ligeiramente ao dizer: "Embora a senhorita Rita tem um mau caráter, ela não é uma pessoa ruim. Por favor, perdoe ela."

Leon sorriu carinhosamente para ela, estendeu a mão e curvou-se ligeiramente. "Obrigado pela ajuda. Se não fosse por você, eu não acho que poderia ter resolvido este assunto tão rapidamente."

Ela corou levemente, nervosa com o elogio de Leon, timidamente pegou sua mão estendida e a apertou. "Não há necessidade de ser tão formal! Aqui somos todos colegas."

Rita ainda estava se maquiando quando os viu conversando alegremente. Ela fechou os olhos para se acalmar. Que vadia! Rita pensava que Sofia devia estar de mau humor pelo que tinha acontecido no escritório de Victor naquela manhã e por isso ela havia sido tão cruel com ela na época.

Aos poucos, todos os funcionários voltaram aos seus postos. Depois do incidente, ninguém ousou contrariar Rita, temendo que ela liberasse sua fúria sobre eles.

"Sofia, quero um pouco de água", Rita ordenou, após mais uma sessão de fotos promocional.

Ela franziu os lábios e disse: "Espere um minuto, senhorita Rita."

Então Sofia colocou um pouco de água gelada em um copo e o entregou a atriz. Quando teve certeza de que ela já estava segurando o copo, Sofia retirou a mão, mas o copo caiu no chão de repente, quebrando-se em mil pedaços, encharcando e estragando os sapatos da atriz.

Para espanto de todos os presentes, Rita deu um tapa nela. O eco do golpe ecoou por todo o estúdio. Foi tão forte que todos ficaram pasmos. As pessoas que viram o que aconteceu não puderam acreditar no que viram, mas ninguém se atreveu a intervir.

Sofia não pôde deixar de chorar de dor intensa e antes que pudesse dizer alguma coisa, Rita começou a gritar: "Você não conseguiu segurar o copo direito e agora meus sapatos estão encharcados!"

Nesse momento, John passou em frente à entrada do estúdio e pôde vislumbrar a cena de dentro. Ele viu Sofia cobrindo o rosto com a mão e Rita passando por cima dela. Toda a cena o incomodou, então ele correu até Sofia.

Ao se aproximar, ele viu as lágrimas escorrendo pelo rosto dela e foi então que percebeu que sua bochecha estava vermelha e inchada. Ele a puxou para atrás dele e olhou para a atriz. "Senhorita Rita, você foi longe demais", disse ele friamente. "Nossos trabalhadores são capazes de aguentar, mas isso não significa que não tenham dignidade. Não podemos tolerar uma pessoa como você em nossa empresa!"

"Um assistente protegendo outra assistente?", ela zombou.

"Que ridículo!"

Sofia se recusou a levantar a cabeça. Apesar de sua infância miserável, ela agora se sentia praticamente incapaz de tolerar como eles a estavam machucando.

"John, pare", ela sussurrou. "Estou bem..." Ela enxugou as lágrimas e tentou mostrar-lhe um sorriso. Desde quando ela se tornou tão covarde?

No entanto, neste exato momento, Victor entrou no estúdio e quando viu John confortando Sofia, suas sobrancelhas se apertaram em indignação. Só então ele percebeu que seu assistente poderia estar interessado nela. Como isso poderia ter sido esquecido?

"John, o que aconteceu?", ele perguntou. Ele caminhou até o lado de Rita e olhou para Sofia, que baixou a cabeça apressadamente. Ele não sabia o que havia acontecido e perguntou à atriz: "O que está houve?"

"Sua assistente deixou cair o copo com água nos meus sapatos, então eu a repreendi. Aí seu outro assistente disse que o Grupo YS não me tolerava e me pediu para sair", choramingou ela, como um cachorrinho ferido nos braços de seu dono.

"Sua falsa", disse John friamente.

"Já chega", disse Victor, e interrompeu a discussão antes que aumentasse. Ele manteve os olhos fixos em Sofia, que ainda estava de cabeça baixa, e disse: "Como você pode ser tão desajeitada?"

Ela não fez nenhum som. Ao ficar do lado de Rita, Victor a cupou.

"Senhor Victor...", John interveio com a intenção de defendê-la, mas sentiu um leve puxão na manga de sua camisa. Com o canto do olho, ele a viu implorando silenciosamente para ele manter a boca fechada.

Do início ao fim, ela nunca levantou a cabeça na

frente de Victor. Ele se inclinou e pediu desculpas à atriz: "Desculpe. Foi minha culpa. Sinto muito ter incomodado você."

Assim que ela terminou de falar, ela saiu correndo do local. Ela não poderia ficar mais um segundo ali. Victor era apenas seu parceiro sexual. Por que ela se sentiu tão mal por ele ter ficado do lado de Rita?

Ele enrijeceu ao vê-la fugir. 'Qual é o seu problema? Por que ela não se defendeu? E por que ela manteve a cabeça baixa o tempo todo? Ela não é esse tipo de pessoa...'

"Senhorita Rita, você realmente merece todo o estrelato do mundo", John disse friamente. "Suas habilidades de atuação são excelentes." Ele não conseguia nem olhar para ela porque estava muito enojado com sua atitude.

"John! Qual é o problema com você hoje?", Victor disse, chamando sua atenção. Ele o conhecia muito bem e ele nunca foi rude.

Algo sério deve ter acontecido para justificar esse comportamento. Será que... Foi por Sofia?

John não disse nada. Ele apenas balançou a cabeça ligeiramente e caminhou em direção à saída.

Assim que saiu, correu para alcançar Sofia. Quando ele viu sua bochecha vermelha e inchada, ele não pode deixar de sentir pena. Ele a levou a uma farmácia próxima e comprou um creme para diminuir o inchaço.

Eles caminharam até um banco em um parque próximo e se sentaram. Sofia prendeu o cabelo atrás da orelha, expondo a bochecha, e timidamente pediu a John que aplicasse o remédio. "Eu pareço um pãozinho cozido no vapor agora?", ela brincou.

Ele sorriu gentilmente: "Sim, um pãozinho muito fofo."

Essa garota não tinha consideração por si mesma. Não foi culpa dela, por que ela teve que suportar tudo isso sem dizer nada?

Quando ele aplicou o creme nela, ela fez uma careta e começou a se perguntar o que Victor pensaria dela, agora que seu rosto estava um pouco desfigurado. Ele deve ser o tipo de homem que só dava atenção à aparência, então se ela fosse feia agora, provavelmente terminaria o contrato antecipadamente...

Olhando para ela tão atordoada, John não sabia o que dizer. "Embora não nos conheçamos há muito tempo, ainda me parece que você tem uma virtude."

Confusa, ela olhou para ele com olhos duvidosos. "Que virtude? Conte-me. Que meu coração ferido seja consolado."

"Você tem um grande coração", afirmou categoricamente. "Você se desculpou com uma mulher que lhe deu um tapa sem motivo. Garota boba!" Ela fez beicinho. Ele só estava colocando lenha no fogo.

"Obrigada."

"Por que?"

"Obrigada por me machucar ainda mais."

Ele ficou sem palavras.

Sem dizer uma palavra, ele colocou o creme de volta na caixa em sua mão e disse: "Aplique três vezes ao dia e ele vai reduzir o inchaço em cerca de dois dias."

"Entendi", ela suspirou. "Obrigada por me defender lá." Ela olhou para ele com gratidão e pensou que era realmente uma sorte ter conhecido um homem tão bom neste mundo cruel.

"De nada", disse ele, enquanto sorria calorosamente. "Fique fora de perigo e me considerarei suficientemente recompensado." Ele olhou para ela, sério. Ela era uma garota tão sincera que ele não tinha ideia do quanto ela sofreria no futuro.

Ela sorriu de volta para ele. Com uma pessoa tão compassiva ao seu lado, ela se sentiu muito mais relaxada e a paisagem ao seu redor parecia muito mais bonita do que antes.

Depois de caminhar um pouco no parque, de repente, Sofia disse a ele: "Olha, eu gostaria de ficar um tempo sozinha. Vou convidá-lo para sair para comer outro dia."

Embora estivesse preocupado com ela, ele balançou a cabeça, após se despedir, voltou direto para a empresa.

De volta ao estúdio, a atmosfera esfriou vários graus desde o momento em que Sofia saiu.

Obviamente, Victor estava do lado de Rita, mas todos perceberam que ele estava chateado com a partida de Sofia. Porém, ninguém se atreveu a falar com ele, e até a atriz saiu para retocar a maquiagem.

"Senhor Victor, ainda continuamos gravando?", um dos funcionários perguntou cautelosamente, temendo que ele pudesse dizer algo errado.

Após um momento de silêncio, todos ouviram a voz fria e calma de seu chefe: "Continue gravando."

Depois, ele se virou e saiu do estúdio.

Todos eles deram um suspiro de alívio no momento em que ele desapareceu atrás das portas do estúdio.

"Eu me pergunto por que o chefe apareceu aqui. Ele nunca tinha vindo ao estúdio antes. Isso tudo é muito estranho!"

"Sim, e você sentiu como a atmosfera mudou quando Sofia foi embora?"

"Você notou também? Então, os rumores são verdadeiros? O nosso chefe gosta dela?"

Sua fofoca incessante chegou aos ouvidos de Leon. Ele endireitou sua posição e os repreendeu: "Se vocês gostam tanto de fofocar, por que não o faz com nosso CEO?"

Isso silenciou a todos imediatamente.

"Você já está satisfeita?", ele perguntou a Rita enquanto caminhava até o espelho.

Ela tirou a mão da maquiadora e olhou para ele, olhando para seu rosto comprido e disse: "Você quer dizer que foi toda minha culpa? Se for assim, não acho que seja necessário continuar gravando hoje. Conversaremos depois que todos se acalmem."

(← Atalhos teclado) Anterior Conteúdos (Atalhos teclado →)
 Novels To Read Online Free

Digitalizar o código QR para baixar o Lera.

Volte para Topo

Partilhas