Lera > Moderno > Não Quebre Meu Coração

   Capítulo 8 O conflito com Raymond

Não Quebre Meu Coração Por Gilda Santana Personagens: 12350

Atualizado: 2020-05-11 00:05


Ashley ficou aliviada ao ouvir a voz da Ellie. Se a amiga demorasse um pouco mais para voltar, talvez Ashley tivesse acabado sufocada pelo abraço do Raymond.

"Estou bem", Ashley agradeceu com um sorriso.

"Eu terminei com a papelada para inscrever você, para que possamos ir agora", disse Ellie enquanto segurava o braço da amiga na tentativa de separá-la do Raymond. Depois de fazer isso, elas caminharam juntas em direção à porta.

"Ashley!" Raymond chamou ela com a intenção de deter as duas garotas e depois correu em direção a elas.

Ao ouvir seu nome, Ashley parou, virou-se e olhou para ele com olhos frios e indiferentes. Sem expressão no rosto, ela disse: "Raymond, o nosso relacionamento já acabou, então espero que possamos esquecer o tempo em que vivemos juntos no passado e, no futuro, ser apenas amigos. Lembre-se também de que você está noivo da Lena, minha irmã. O que você acha que ela sentiria se a visse me perseguindo assim? Você precisa parar de fazer isso."

Ashley teria chorado se tivesse dito isso um mês antes, já que ela realmente amava Raymond e nunca imaginou que poderia dizer essas palavras para ele.

No entanto, agora ela tinha a coragem de contar, pois era algo que ele precisava ouvir. Ashley ficou aliviada depois de expressar o que tinha na mente.

Ela percebeu que seus sentimentos por Raymond não eram românticos, mas fraternos. Ela teve que admitir que a bondade do Raymond o tornava um homem atraente. Sua natureza gentil e atencisidade faziam parte dos seus encantos. No entanto, tudo isso desapareceu no momento em que Ashley o viu dormindo com Lena.

"Ellie, acho que é hora de partir", disse Ashley.

Raymond ficou surpreso com o que havia acontecido, pois nunca imaginou que Ashley fosse tão fria com ele. Ela até mencionou o nome da Lena apenas para enfatizar o fato de que não havia mais nada entre eles. Como seus pés não reagiram e seu coração se recusou a aceitar o que tinha acontecido, ele apenas ficou parado olhando as costas da Ashley quando saiu.

"Estou muito feliz por poder deixar este lugar. Quando você está ingressada, você não pode fazer muito na sala. Você tem alguma ideia de como eu estava chata neste hospital?" Ashley queixou-se com Ellie, que estava andando ao lado dela. O sorriso brilhante no seu rosto não mostrava indicação de que ela tinha estado doente ultimamente.

"Bem, pelo menos se você pensar sobre o lado positivo, parece que você aprendeu uma lição. Os hospitais são lugares chatos, então você deve ir o menos possível e também cuidar da sua saúde, especialmente quando não estou por perto. Se você for hospitalizada novamente em algum momento, me verá", Ellie repreendeu Ashley com ternura e fingiu ameaçá-la com um olhar zangado.

"Sim, minha rainha, entendi", brincou Ashley com um sorriso infantil, e ambas ficaram aliviadas por poderem brincar juntas novamente.

Elas continuaram andando até que Ashley puxou a manga da Ellie para chamar sua atenção e disse: "Ellie, agora eu realmente quero ir a um restaurante da panela quente(uma comida típica chinesa). O que você acha se formos a um que está próximo?" .

"Ashley, você já esqueceu que acabou de se recuperar do resfriado?" Ellie recusou o pedido imediatamente.

"Não tem como eu esquecer, mas não comi nada petisco gostoso quando estava no hospital. Era muito insípido e acho que perdi meu paladar quando fui internado, então realmente quero comer algo picante, aproveitando o fato de já estar com uma saúde melhor. Ellie, por favor ... " Ashley segurou a mão da amiga enquanto implorava, implorando com sua voz tão doce quanto a duma menininha.

Depois de ouvir suas palavras, Ellie também começou a sentir vontade de ir lá.

Como ambas gostaram do tipo da comida que serviam lá. Elas queriam provar o sabor mais picante possível, que era uma das muitas coisas que gostavam de fazer juntas. No entanto, elas estavam tão ocupadas com o trabalho que não conseguiram ir a um restaurante, e já fazia um bastante tempo desde a última vez que o fizeram.

Ashley observou que Ellie estava hesitando em aceitar sua proposta. Contudo, ela sabia que só precisava convencê-la um pouco mais para fazê-la mudar de idéia, então ela rapidamente falou sobre os pratos favoritos da Ellie, fazendo com que esta tivesse mais apetite.

Finalmente, as palavras da Ashley a fizeram ceder. Ellie decidiu que elas iriam juntas a um restaurante da panela quente, embora estivesse decepcionada por ver como era fácil convencê-la. Outras pessoas podem pensar que Ashley era uma mulher quieta e reservada. No entanto, quando elas estavam juntas, ela se comportou como uma criança mimada.

Ellie preferia a alegre e animada Ashley. Não queria que ela ficasse séria ou quieta.

Durante o meio-dia, o sol do verão fazia as ruas queimarem, deixando as pessoas relutantes em deixar o conforto de suas casas e escritórios e, consequentemente, havia muito poucas pessoas no restaurante da panela quente.

Ashley e Ellie entraram e se sentaram à mesa. Elas viram o menu e chamaram uma garçonete para pedir comida.

A garçonete foi rapidamente para a mesa, pegou o caderno e perguntou o que elas pediriam. No entanto, elas não chegaram a um acordo sobre o tipo da sopa.

Ashley respondeu imediatamente à garçonete: "Sopa vermelha picante, por favor."

Mas assim que ela dissesse isso, Ellie deteve a garçonete de repente e disse: "Não. Será sopa de dois sabores, por favor."

"Ellie!" Ashley reclamou com um beicinho. Ambas gostavam da comida apimentada, mas Ellie refutou o pedido da amiga pedindo uma sopa de dois sabores, porque acreditava que, devido à condição atual da Ashley, ainda não era apropriado que ela comesse muita pimenta. Sem conseguir o que queria, Ashley olhou para a amiga com seus olhos tristes e bonitos, como uma garota que acabara de perder sua boneca favorita.

Por fim, Ellie sentiu pena da Ashley e mudou da idéia. Ela realmente tinha um grande carinho por sua amiga, por isso era impossível ser dura com ela. Elas decidiram pedir uma sopa vermelha picante, mas era menos picante do que o que normalmente era servida.

Então elas acabaram saboreando uma sopa com um sabor mais suave.

Elas conversaram sobre a última vez que saíram para comer juntas. Quando elas terminaram, ainda era cedo, então no caminho para casa elas foram fazer compras.

O sol começou a se pôr quando Ellie e Ashley chegaram ao apartamento. Elas decidiram passar a tarde limpando o apartamento. Depois, elas começaram a preparar o jantar juntas.

...

No Grupo Lu, Andrew estava sentado confortavelmente no seu escritório com um documento bastante importante na mão, que estava olhando fixamente com uma expressão distante no rosto, parecia que seus olhos estavam focados no documento, mas sua atenção estava vagando para outros assuntos muito diferentes.

Vendo Andrew tão preocupado quanto esse Johnny confuso, que estava ao seu lado. Ele queria tentar lhe dizer algo, mas tinha medo de ofender seu chefe.

'Andrew estuda esse documento há meia hora, mas nenhuma página virou e também não reagiu ao conteúdo. O que está passando pela sua mente?' .

"Senhor Andrew, já é a hora da partida. Está tudo bem se formos ao hospital visitar a senhorita Ashley?" Johnny finalmente falou, mas apesar de fazê-lo claramente, no fundo tinha medo da resposta do seu chefe.

Afinal, Andrew reagiu. Parecia que todo esse tempo ele estava esperando ouvir essas palavras.

"Está bem. Vamos lá!" Ele disse enquanto colocava o documento na mão sobre a mesa e seu rosto, que antes parecia inexpressivo, estava agora cheio de vigor. Ele se levantou e ajeitou a gravata, sinais claros de que estava pronto para partir.

Johnny ficou surpreso com a resposta que recebeu do seu chefe, já que apenas dissera isso para chamar sua atenção, porque estava preocupado em ver que seu chefe estava muito distraído o dia inteiro hoje. Ele nunca imaginou que sua proposta seria exatamente o que Andrew queria fazer.

Johnny correu para o estacionamento, ligou o carro, dirigiu até a entrada e esperou Andrew entrar.

Como Johnny estava a caminho do hospital, Andrew pediu que ele parasse o carro quando eles passassem pelo restaurante Harkim, então ambos saíram e foram em direção ao estabelecimento.

'Eu pensei que o Sr. Andrew estava animado para visitar a senhorita Ashley no hospital. Por que ele decidiu parar primeiro para jantar?' Johnny pensou enquanto tentava entender as ações incomuns do Andrew.

Mas, apesar de estar confuso, ele o seguiu em direção ao estabelecimento e parou na entrada para deixar Andrew entrar sozinho. Johnny esperou por seu chefe na porta.

Depois de alguns minutos, Andrew deixou o restaurante Harkim com várias caixas nas mãos. Johnny imediatamente percebeu que a comida que Andrew havia comprado era para Ashley.

Além disso, ele percebeu que nos últimos dias seu chefe o surpreendia constantemente com suas ações e notou que essas mudanças começaram a partir do momento em que Ashley apareceu na vida do Andrew.

A curiosidade do Johnny pela garota continuou a se intensificar à medida que sua influência no comportamento do seu chefe se tornava mais aparente.

Isso o fez querer se tornar amigo da Ashley, porque pensava que, se tivesse um relacionamento próximo com a garota, Andrew o trataria melhor.

Johnny era realmente um homem muito astuto!

Assim que chegassem ao hospital, Andrew desceu do carro rapidamente. A pressa era tanta que ele nem esperou Johnny abrir a porta para ele.

Ele próprio se perguntou por que prestava tanta atenção àquela mulher. "É só porque não me desagrada?" , pensou Andrew, que correu para o quarto onde ela fora internada, mas teve cuidado com as caixas da comida que ele carregava, segurando-as com força para garantir que a comida não derramasse, enquanto se perguntava se Ashley gostava dela.

Muitos pensamentos e dúvidas passaram pela cabeça do Andrew quando ele entrou na sala da menima. No entanto, sua mente ficou em branco quando ele chegou à porta e viu que as colchas da cama já estavam perfeitamente dobradas e o lençol foi mudado. Não havia nada na sala além da tranquilidade.

Andrew se sentiu desanimado, fazendo com que seu rosto ficasse sombrio quando seus olhos refletiram a raiva que ele sentia por dentro, e parecia que ele pretendia quebrar algo para aliviar sua raiva.

Johnny imediatamente notou a mudança no humor do seu chefe quando ele estava logo atrás dele e também notou que a cama estava vazia.

Johnny permaneceu calmo, chamou uma enfermeira que estava passando por ele e perguntou: "Com licença, você sabe onde está a senhorita que esteve aqui esta manhã?" .

"A senhorita que esteve ingressada nesta sala?" A enfermeira pegou seu caderno e revisou os registros. "Aparentemente, após a terapia intravenosa, ela se sentiu muito melhor e foi liberada por volta do meio dia. Por que você está perguntando isso, há algo errado?" .

"Não, nada. Obrigado e desculpe por interromper você no trabalho", Johnny sorriu educadamente para a enfermeira, que saiu imediatamente.

Todavia, por dentro, ele ficou furioso: 'O que está acontecendo com as pessoas da equipe deste hospital? Deviam saber que foi o Sr. Andrew quem pessoalmente trouxe a senhorita Ashley aqui. Como eles poderiam permitir que ela partisse assim, como nada? Pelo menos eles poderiam tê-lo notificado no momento em que ela recebeu alta.'

"Senhor Andrew..." Johnny sentiu pena do Andrew, já que era a primeira vez que o via se importar tanto com uma pessoa. Ele queria confortá-lo, mas não conseguia pensar em nada apropriado para dizer.

'O senhor Andrew veio aqui porque se importava com a senhorita Ashley, então agora ele deve estar furioso por ela ter saído sem dizer uma palavra', pensou ele.

Enquanto Jonny caminhava em direção ao seu chefe, este último lhe deu as caixas da comida que ele havia comprado para Ashley, depois se virou e caminhou desanimadamente em direção à saída.

As caixas na mão do Jonny quase caíram por causa da reação abrupta do seu chefe e seu rosto ficou muito pálido enquanto ele tremia do medo. 'Senhor Andrew é assustador quando está com raiva!' .

...

Enquanto isso, Ashley estava jantando no seu apartamento. Ela não tinha ideia de que Andrew tinha comprado sua comida e tinha ido visitá-la. Nunca lhe ocorreu que Andrew pensava nela o dia todo.

(← Atalhos teclado) Anterior Conteúdos (Atalhos teclado →)
 Novels To Read Online Free

Digitalizar o código QR para baixar o Lera.

Volte para Topo

Partilhas